Alonso pode participar de todas as etapas da IMSA

Alonso pode participar de todas a etapas da IMSA

(Foto: Divulgação)

Competir de forma integral na IMSA estão nos planos de Fernando Alonso no futuro. O espanhol que vai disputar as 24 Horas de Daytona com a equipe Wayne Taylor Racing, não descarta correr todas as etapas no futuro.

Ele estará ao lado de Jordan Taylor, Renger van der Zande e Kamui Kobayashi, e não esconde o desejo. “Definitivamente não está perto de uma possibilidade, talvez não no curto prazo”, disse Alonso durante a coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 03, em Daytona.

“Eu tenho a mesma decisão que fiz na temporada passada com a IndyCar, para o campeonato completo ou apenas para a Indy 500, então no momento eu estou mais em eventos únicos e tendo um pouco de descanso e tempo em casa. Mas sim, porque não, a médio ou longo prazo. Ter o campeonato completo também é uma possibilidade. ”

Depois de uma estreia mediana em 2018 quando competiu com o Ligier da equipe United Autosport, Alonso busca a vitória na principal prova de endurance dos Estados Unidos. Competindo pela Toyota no WEC, e longe da previsível F1, o espanhol acredita estar mais preparado para a prova.

“Vai ser uma experiência diferente”, disse ele. “O ano passado foi a primeira corrida de endunce da minha vida. Acho que com a experiência de 2018 vamos nos preparar mais para esta corrida. Obviamente, a equipe é muito experiente e competitiva por aqui, então estou extremamente feliz.”

“Tenho muito orgulho de usar essas cores e trabalhar para a Cadillac pela primeira vez. Espero que possamos ser competitivos, nos divertir e fazer um grande show para todos. ”

Published
2 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *