ALMS Mid-Ohio–Chuva e uma boa dose de sorte.

299_1453-chuva
A competitividade de uma corrida pode ser influenciada por vários fatores. Um carro mais lento, um piloto mais arrojado ou uma pista que propicia ultrapassagens e instiga os pilotos a “aprontarem”.

 1GoAstonF34x2640Cut
Dose de sorte é sempre bem vinda.

Foi com esses ingredientes que a corrida em um das mais tradicionais pistas americanas se desenrolou. A disputa começou entre as duas principais e únicas equipes que tem vencido na P1 nas últimas etapas a Dyson Racing com seu Lola Mazda e a Muscle Milk com seu belo Lola Aston Martin. O traçado travado iria beneficiar quem fizesse a pole e o bom trabalho coube a equipe do Lola azul e branco. Desde a largada a equipe da Muscle Milk tendo um carro visivelmente superior forçava para cima da Dyson mas não obteve sucesso. Se esperou que a ultrapassagem se desse na troca de pneus mas o tráfego mais uma vez ajudou a dupla Guy Smith e Chris Dyson.

wallpaper_800x600
Equipe Falken sobreviveu a chuva e faturou vitória inédita.

Porém na relargada de um das bandeiras amarelas Lucas Luhr foi mais espero e assumiu a primeira posição e não foi mais visto pelos adversários. Mesmo com a forte chuva que chegou nas voltas finais e interrompeu a prova a equipe da caixinha de leite foi superior. Restou a Dyson levar o carro para chegar em segundo lugar. A prova também foi marcada por um número sem igual de punições por toques e empurrões. Qualquer atitude considerada ante-desportiva levava o piloto a stop and go a parar por 20, 40 segundos. Se a moda fosse válida na F1 Hamilton passaria mais tempo nos boxes do que na pista.
LR1_7587
Intersport fatura dobradinha na FLM
Entre os GTs a disputa que indicava uma vitória da Corvette acabou nas mãos da Porsche da equipe Falken dos pilotos Wolf Henzler e Bryan Sellers que “sobreviveram” ao festival de rodadas que assolou as últimas voltas. A vitória de uma marca de Pneus diferente da poderosa Michellin será um ótimo argumento de vendas nos próximos dias. Em segundo ficou o Corvette da dupla Gavin e Magnussen. Jaime Melo que chegou a liderar a prova acabou se enroscando com um dos BMW e teve a suspensão danificada e não completou a prova. BMW que protagonizou um dos episódios mais bizarros da prova se tocando logo após a saída dos boxes. Mesmo com esse percalço e a chuva a equipe marcou o terceiro e quarto lugar na classe. A dupla de meninas que competiu com o Ford GT da equipe Robertson Racing Andrea Robertson e Melanie Snow acabaram em 14º entre os GTs.

LR1_0103
#54 de Spencer Pumpelly e Dunca Ende chegam em primeiro na LMGTC

Na classe LMPC a vitória ficou com a equipe Intersport Racing que ficou com os dois primeiros lugares com Kyle Marcelli e Tomi Drissi e Jon e Clint Field donos da equipe em 4º. Já na classe LMGTC a vitória ficou com Spencer Pumpelly e Duncan Ende. Os líderes do campeonato Joroen Bleekemolen e Tim Pappas acabaram em segundo. A próxima etapa será no rápido circuito de Road América no dia 20 de Agosto em uma prova com 4 horas de duração.

Published
8 anos ago
Categories
ALMSCorvetteFerrariFLMLMP2LolaPorsche
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *