ALMS / ILMC Road Atlanta–Opinião

sorte_palmeira

A segunda etapa da ILMS e última da ALMS pode ser definida com uma corrida de duas partes. Na sua primeira etapa uma pista com muitos carros, muita ultrapassagem. É realmente incrível ver aquele mar de carros em um tempo de contenção de custos no automobilismo.
02.10.2010 Road Atlanta Motorsports Center, USA, #08 Team Peugeot Total Peugeot 908 HDI FAP: Pedro Lamy, Franck Montagny, Stephane Sarrazin
A sorte ajudou a Peugeot em sua dobradinha

Foi um começo interessante com Audi e Peugeot se revezando nas primeiras posições e se alterando na liderança entre os pits-stop. Com um desempenho sempre interessante Jon Field chegou a fazer várias ultrapassagens nos carros da Audi chegando a ficar em terceiro no geral, mas a força do Diesel prevaleceu e o mesmo acabou em quarto sendo o primeiro modelo a gasolina entre os P1.

E em determinado momento a prova chegou a ser um pouco monótona com a transmissão do SPEED por muitas vezes filmando carros secundários e deixando os ponteiros para trás. É sabido que a IMSA não gostou muito dessa ideia de ILMC e ignorou por muitas vezes as equipes “europeias”.

Porém a sorte começou a mudar quando o Audi #9 pilotado por André Lotterer fez um cálculo errado e acabou saindo da e danificando seriamente seu carro, tendo que ficar algumas voltas na garagem. Ali começou a se desenhar a vitória da Peugeot.

J5-02_ILMC_PLM_Course1_111
Audi foi coadjuvante em sua “casa”

Na frente em segundo seguia o outro Alemão #7 comandado por Mcnish que seguia na liderança sem grandes problemas. Tudo mudou quando Dindo Capello pegou o carro e teve que fazer uma parada não programada para arrumar a balaclava que estava obstruindo sua visão. Voltando 1 volta atrás do líder o Peugeot #8 de Pedro Lamy, Frank Montagny e Sarrazin. Mesmo a Audi sendo mais rápida e conseguindo por muitas vezes ficar em segundo acabou mesmo em terceiro a duas voltas do líder. Com a dobradinha a Peugeot já conquista o título da ILMC com uma prova de antecedência. Assim o time do leão conquistou as 12 horas de Sebring e Petit Le Mans provas que sempre foram quintal da Audi. Por outro lado a Audi pode se vangloriar de ter vencido o maior objetivo de todas as equipes que participam dos campeonatos da ACO, as 24 horas de Le Mans.

Também podemos pensar que nas duas provas mais importantes depois das 24 horas são provas menores e que o carro é pouco confiável além de 12 horas por exemplo. A próxima etapa será em Zhuhai em um percurso de 6 horas aonde não teremos surpresas e mesmo que a Audi vença será algo secundários depois dessas duas etapas.Também vale destacar o bom desempenho do Lola da equipe Drayson com seu Lola #8  que mesmo acabando a 25 voltas do líder acabou a prova e que está confirmado para a última etapa em Zhuhai

02.10.2010 Road Atlanta Motorsports Center, USA, #1 Patron Highcroft Racing Honda Performance Development ARX-01c: David Brabham, Simon Pagenaud, Marino Franchitti
Vitória e título

Na Classe P2 que voltará ano que vem na ALMS a vitória e o título ficaram com o Acura da HightCroft com David Brabham, Simon Pagenud e Marino Franchitti. A vitória na classe veio depois de um desempenho totalmente aquém do Porsche RS Spyder da Cytosport que teve problemas de frio, pneu furado e perda de desempenho e chegou em segundo. Provavelmente o Porsche será aposentado ano que vem depois de muitos anos de vitórias. A equipe europeia OAK Racing com seu Pescarolo #35 não foi um adversário a altura dos modelos americanos e acabou em terceiro na sua classe. Equipes como a HightCroft poderiam facilmente participar da ILMC ano que vem com boas chances de vitória.Outro P2 que abandonou foi o Lola Mazda #16 da Dyson Racing que ano que vem irá competir na Rolex e o estreante 35 Radical SR9 que também abandonou por problemas mecânicos.

02.10.2010 Road Atlanta Motorsports Center, USA, #4 Corvette Racing Chevrolet Corvette ZR1: Oliver Gavin, Jan Magnussen, Emmanuel Collard
Corvette ganhou a vitória de brinde por causa de erro da Ferrari.

Na GT2 outra surpresa. Com uma vitória garantida a Ferrari #62 do aspirante a título Gianmaria Bruni que teve nesta prova a participação de Tony Vilander parou a duas curvas da chegada depois de ter feito uma parada para completar o combustível. Realmente parece que a Rizi faz jus a equipe da Ferrari na F1 e errou na estratégia. Assim a vitória ficou com Oliver Gabin, Jan Magnussen e Emmanuel Collard, sendo a primeira vitória da Corvette depois que se mudou para a GT2. Jaime Melo que dividiu a Ferrari #61 com Fischella e Mika Salo acabou em sétimo na classe.

02.10.2010 Road Atlanta Motorsports Center, USA, #45 Flying Lizard Motorsports Porsche 911 GT3 RSR: Joerg Bergmeister, Patrick Long, Marc Lieb
Título da GT2 ficou com a Porsche.

A prova também marcou a estreia do Porsche 911 Hibrido que correu sem pontuar mas ficou a frente de vários GT2 e GTCe é uma aposta viável no futuro. Com o término a dupla que levou o título foi Jorg Bergmeister e Patrick Long da Flying Lizard que também levou o título dos construtores para a Porsche.

#95 Level 5 Motorsports Oreca FLM09: Scott Tucker, Marco Werner,
Vitória do carro do “Office”

Na LMPC a vitória ficou com o #95 da Level 5 com Scott Tucker, Marco Werner e Burt Frisselle chegou 12 voltas a frente do segundo colocado #89 Intersport Racing de Kyle Marcelli, Chapman Ducote e David Ducote. O título de pilotos na classe ficou com Tucker e Jeannette e o de equipes para a Level 5 Motorsports e Green Earth Gunnar. 

29.09.2010 Road Atlanta Motorsports Center, USA, #63 TRG Porsche 911 GT3 Cup: Henri Richard, Duncan Ende, Andy Lally
Vitória do #63

Na GTC a vitória ficou com #63 de Henri Richard, Duncan Ende e Andy Lally. O título ficou com Timonthy Pappas e Jeroen Bleekemolen e o de equipes com a Black Swan Racing.
Published
8 anos ago
Categories
ALMSILMCNotíciasOpiniãoRoad Atlanta
Comments
Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.