ALMS Baltimore–Corrida complicada com vitória para Muscle Milk

1278785_553523808046961_6415027_o_thumb-25255B1-25255D

A imagem acima mostra um pouco do que pilotos e principalmente carros passaram durante a conturbada prova de Baltimore pela ALMS. Muitos acidentes e uma pista que se comparada a Sebring a transforma e um tapete.

Ainda nos primeiros metros uma toque entre os carros da Level 5 e Extreme Speed da classe LMP2 acarretaram um verdadeiro engavetamento aonde 7 carros acabaram se destruindo. Todos os Porsche da classe GT foram envolvidos mais o Viper #93, Ferrari da equipe Rizi Competizione, e o #551 da Level 5.

Vitória tranquila para a Muscle Milk na LMP1.

Vitória tranquila para a Muscle Milk na LMP1.

Após uma longa bandeira amarela acorrida iniciou com o HPD da equipe Muscle Milk liderando, porém muitas batidas e toques obrigaram a uma nova relargada.  A reta principal foi a responsável por grande parte das batidas e principalmente carros sem para-choques como o BMW #55 que perdeu várias posições depois de literalmente pular na chicane posta bem no meio da pista para tentar diminuir a velocidade dos carros. A medida não foi muito sensata visto que atrapalhou bem mais do que ajudou.

Na classe LMP2 a vitória ficou com o #552 de Scott Tucker, Guy Cosmo e Marino Franchitti seguido pelo #01 da equipe Extreme Speed de Scoot Sharp e Anthony Lazzaro.

Dobradinha da Corvetre na GT

Dobradinha da Corvetre na GT

A classe GT mais uma vez foi o centro das disputas e o que se viu foi um duelo particular entre as equipes Corvette e BMW que dominaram as primeiras posições. O #55 chegou a liderar a classe mas a buraqueira e o tráfego na reta principal o fizeram ficar trancado entre dois LMP2 abrindo espaço para os dois Corvette assumir a a liderança. A vitória ficou com o #3 de Jan Magnussen e Antonio Garcia, seguido pelo #4 Oliver Gavin e Tommy Milner. O BMW #55 Bil Auberlen e Maxime Martin fechou o pódio.

Na LMPC o #18 Performance Tech ficou com a vitória

Na LMPC o #18 Performance Tech ficou com a vitória

Entre os LMPC a vitória ficou com o #18 da Performance Tech Motorsports pilotado por Tristan Nunez e Charlie Shears. Em segundo o #05 da Core Motorsports com Jonathan Bennett e Colin Braun. O brasileiro Bruno Junqueira da equipe RSR Racing acabou em 4º

GTC a disputa culminou com o primeiro lugar do #44 da Flying Lizard.

GTC a disputa culminou com o primeiro lugar do #44 da Flying Lizard.

Os Porsche da classe GTC nas voltas finais proporcionaram um disputa intensa até a chegada. O vencedor foi o #44 da Flying Lizard, seguido por #22 da Alex Job Racing e #11 da JDX Racing.

A próxima etapa será nos dias 19 e 21 de Setembro no circuito das américas, abaixo a classificação final da prova.

Resultado final da prova.

Published
6 anos ago
Categories
2013ALMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *