AF Corse volta a competir na classe LMP2 com protótipo Dallara

AF Corse

(Foto: FIAWEC)

A equipe AF Corse confirmou nesta sexta-feira, 10, que voltará a disputar a classe LMP2 na temporada 2019/20 do Mundial de Endurance, com um protótipo Dallara P217. O time será parceiro da equipe Celitar Racing, que compete atualmente no ELMS, e que já teve entre seus pilotos Felipe Nasr.

Não é a primeira vez que o time liderado por Amato Ferrari, compete com protótipos. Em 2014 a equipe alinhou um Oreca 03 em parceria com a SMP Racing, que culminou com o título para Sergey Zolbin. Os pilotos já estão confirmados. Andre Belicchi, Giorgio Sernagiotto e o diretor da Pharmanutra, Roberto Lacorte. O trio compete pela equipe Villorba Corse na ELMS.

Em entrevista ao site Autosport, o diretor esportivo da AF Corse, Batti Pregliasco, espera ter um retorno satisfatório. “Vamos alinhar com a Cetilar Racing e executaremos um chassi Dallara porque nosso cliente quer trabalhar com um fabricante italiano.”

A Racing Team Nederland também deve apostar no WEC para a próxima temporada. O Dallara é comandado pela equipe holandesa Dayvtec. A organização deve alterar para um chassi Oreca para a temporada 2019/20 do WEC, em parceria com a TDS Racing.

O gerente da equipe RTN, Mark Koense, disse: “Temos toda a intenção de continuar no WEC e anunciar nossos planos em 14 de maio”.

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *