AF Corse divulga programa para temporada 2017

(Foto: AdrenalMedia)

(Foto: AdrenalMedia)

A AF Corse divulgou seu programa automobilístico para 2017. O Mundial de Endurance, continua sendo a principal série, que o time italiano vai competir.

Duas Ferrari 488 GTE, estão confirmadas na classe GTE-PRO. Os pilotos ainda estão sendo confirmados. Um dos boatos que circula nos bastidores, e a possível ida de Gianmaria Bruni para a Porsche

Outras duas Ferrari, são esperadas na classe GTE-AM, sob a bandeira Clearwater Mok Weng Sun Racing. Os pilotos serão Matt Griffin e Keita Sawa. O segundo carro terá as cores da Vista Jet. Francesco Castellaci e Thomas Flohr. A AF Corse, também dará apoio logiśtico a DH Racing durante as 24 horas de Le Mans.

Além do WEC, o time italiano também vai estar competindo na Blancpain Endurance Cup. Serão cinco Ferrari 488 GT3, três delas na classe PRO. A primeira equipe, terá os pilotos Pasin Lathouras, Alessandro Pier Guidi e Michele Rugolo. O segundo carro, terá as cores da Kaspersky, e os pilotos Giancaro Fisichella e Marco Cioci. O terceiro piloto, precisa ser confirmado. James Calado escalado.

A terceira Ferrari, levará as cores da SMP Racing, os pilotos ainda precisam ser confirmados. As outras duas Ferrari, estarão participando da classe PRO-AM. Olivier Beretta e Motoaki Ishikawa estarão no primeiro carro. O segundo terá Louis Machiels, Niek Hommerson e Andrea Bertolini.

São esperadas duas Ferrari 488 GTE no European Le Mans Series. No Internacional GT Open, a equipe vai alinhar uma Ferrari GT3 para Marco Cioci e Piergiuseppe Perazzini.

No lado do European Le Mans Series, um ou dois Ferrari 488 GTE são esperadas. Note-se que Espírito de Raça vai rolar uma Ligier JS P3 em um badged Le Mans Claudio Sdanewitsch. A Ferrari 488 GT3 é anunciado no International GT Open de Marco Cioci e Piergiuseppe Perazzini.

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *