ACO define novas diretrizes para o mundial de endurance de 2012.

J5-JulieSueur_LeMans2011_Start_04
A comissão criada pela FIA e ACO para o futuro mundial de Endurance revelou novos pormenores sobre o campeonato. O site endurance.info deve acesso a algumas dessas regras e três pontos são discutidos. Equivalência entre diesel e gasolina, Segurança e modelos híbridos. Abaixo um resumo de cada tópico.

1. Equivalência entre motores a gasolina e diesel.

Não é de hoje que as equipes movidas a gasolinas reclamam que não consegue lutar em pé de igualdade com os carros da Peugeot e Audi. Mesmo com as imposições feitas depois das 6 horas de SPA desde ano pouca coisa mudou e para um modelo a gasolina ganhar era preciso um a diesel quebrar ou se envolver em acidentes. Para 2012 a coisa será outra. Uma das medidas é a redução do tanque de combustível dos modelos a diesel de 65 para 60 litros. O desempenho desses motores terá uma redução de 7% que será obtida pela redução dos flanges bem como pressão do turbo. Os flanges terão uma redução de 47,4 mm para 45,8 mm em motores com um e 33,5 para 32,4 para motores com dois. A pressão do turbo também será reduzida para patamares de 3.000 a 2.800 bar. Os motores a gasolina não terão qualquer tipo de alteração.

2. Segurança.

Os acidentes na edição desde ano em Le Mans e outros aonde o carro literalmente se desintegrou foram um dos pontos chaves para mais mudanças. Agora todos os carros que desejam participar dos campeonatos organizados pela ACO, seja ALMS, LMS e mundial nas três classes de protótipos LMP1, LMP2, e FLM terão que ter a barbatana de tubarão. Aberturas na carenagem acima das rodas traseiras para melhorar a visibilidade, além do aumento dos espelhos retrovisores e estes devem ser equipados com um modo noturno, além de um controle elétrico para este espelhos para que os pilotos o regulem como devem achar melhor. No caso dos carros GT todos deverão vir equipados com câmera traseira, além é claro no protótipos caso queiram.

3. Tecnologia híbrida.

A liberação de energia será permitida nas rodas dianteiras acima de 120 km/h, assim como dispositivos de segurança específicos para esse tipo de modelo.
Published
7 anos ago
Comments
Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.