ACO apresenta o projeto Mission H24

Protótipo com emissão zero. (Foto: ELMS)

A busca por fontes sustentáveis de energia é uma das metas da indústria automobilística mundial. Os sistemas a combustão que utilizam combustíveis fósseis, ainda existiram por muito tempo. Na Europa vários países estão colocando metas para que grande parte da frota seja elétrica nos próximos anos.

Muitas empresas apostam em outras fontes renováveis, uma dela é o hidrogênio. Buscando alternativas a ACO revelou neste sábado, 22, em Spa o projeto “Mission H24”. Em parceria com a Green GT, empresa suíça que produz sistemas de propulsão elétrica a hidrogênio.

A empresa não é desconhecida para os fãs de endurance. Em 2016 um protótipo da empresa suíça, deu uma volta no circuito de La Sarthe. O objetivo do projeto é desenvolver veículos movidos a hidrogênio. O “H24” se refere a primeira participação, ou pelo menos tudo indica, em 2024.

De acordo com o porta voz do projeto, o protótipo tem como objetivo “acelerar a pesquisa e o desenvolvimento” deste tipo de sistema, buscando a emissão zero de carbono. O protótipo foi pilotado por Yannick Dalmas, quatro vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans.

Protótipo é um pouco maior do que um LMP3. (Foto: ELMS)

O protótipo será alimentado por quatro motores elétricos que contém uma célula de combustível de hidrogênio com quatro baterias. O carro deu apenas uma volta, parando completamente na curva Stavelot. Para promover o sistema, o carro estará presente nas etapas da ELMS nos próximos anos.

“O hidrogênio é o futuro porque estamos buscando uma mobilidade de emissão zero”, disse o presidente da ACO, Pierre Fillon, em Spa. “É nosso papel desenvolver tecnologias de alto desempenho e ambientalmente amigáveis.”

Confira as especificações técnicas do modelo:

Chassis

  • Chassi de carbono LMP com estrutura de aço
  • Suspensão com braços duplos
  • Freios de carbono

Motor

  • Trem de força elétrico-hidrogênio GreenGT (célula de combustível com quatro baterias com membrana de eletrólito de polímero)
  • Produz aproximadamente  250kW
  • Quatro motores elétricos (dois por roda traseira)
  • Saída máxima de 480 kW a 13000 revs (653 hp)
  • 2,4 kWh KERS fornecendo 250 kW por 20 segundo.

Transmissão

  • Acionamento direto nas rodas traseiras (relação: 1: 6.3)
  • Sem caixa de engrenagens, sem embreagem, sem diferencial mecânico
  • Sistema eletrônico de gerenciamento de torque
  • Armazenamento de hidrogênio:
  • Capacidade do tanque de combustível: 8,6 kg de hidrogênio
  • Pressão de armazenamento: 700 bars
  • Sistema de recuperação de energia cinética (KERS):
  • Bateria de 750V, tensão nominal
  • Capacidade: 2,4 kWh

Medidas

  • Comprimento: 4 710 mm
  • Altura: 1 070 mm
  • Largura: 1 970 mm
  • Distância entre eixos: 2 970 mm
  • Peso: 1 420 kg em condições de funcionamento (frente: 39,8% – atrás: 60,2%)
  • Variação de peso no reabastecimento: 8,6 kg

Pneus

  • Frente 30 / 68-18 Michelin Pilot Sport GT (cubo 12X18)
  • Traseiro 31 / 71-18 Michelin Pilot Sport GT (cubo 13X18)
  • Velocidade máxima: + 300 km / h
  • De 0 a 100 km/h: 3,4 segundos
  • Tempo de reabastecimento: 3 minutos

Emissões para a atmosfera

  • Apenas vapor de água
Published
4 semanas ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *